Primeira vereadora travesti de Piracicaba, Madalena Leite é assassinada

Publicado em 7 abril, 2021 1:15 pm

Do G1

Madalena, ex-vereadora travesti de Piracicaba, é encontrada morta em casa — Foto: Fernanda Zanetti/G1/Arquivo

A ex-vereadora Madalena Leite foi encontrada morta no início da madrugada desta quarta-feira (7) em Piracicaba (SP). Segundo as informações da Polícia Militar, o corpo foi encontrado na casa dela com sinais de violência. Madalena tinha 64 anos e se tornou a primeira travesti eleita vereadora na história da cidade.

A Polícia Militar informou que o corpo de Madalena foi encontrado por volta de meia-noite e meia no imóvel, no bairro Vila Sônia, com ferimentos no rosto.

Segundo o boletim de ocorrência, um vizinho localizou o corpo no sofá da sala. Ele relatou aos policiais que tinha a chave do imóvel, já que sempre frequentava a casa dela, mas ao chegar no local, encontrou o portão da frente somente encostado. Em seguida, ele acionou a polícia.

A polícia ainda não tem suspeitos para o crime. A família da ex-vereadora permitiu a entrada da equipe da EPTV, afiliada da TV Globo, na casa. Na sala, um quadro com uma foto da Madalena da época em que era vereadora foi encontrado todo quebrado, além de papéis espalhados pelo chão. A polícia ainda apura a motivação do crime. (…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!