Raquel Dodge pode ser investigada pelo CNMP

Publicado em 14 março, 2018 3:17 pm
Raquel Dodge, sucessora de Rodrigo Janot na Procuradoria-Geral da República (PGR) (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Do Estadão:

Cabo de guerra. Uma reunião tensa no Conselho Nacional do Ministério Público, ontem, deixou isolada a presidente do colegiado, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

Lavada. Doze dos 14 membros consideraram que Dodge pode ser investigada administrativamente pelo CNMP.

Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui.

Clique aqui e assine nosso canal no youtube