Record erra em matéria e coloca youtuber como pedófilo em reportagem

Publicado em 3 agosto, 2020 11:35 am
O youtuber Maicon Kuster, confundido pela Record com um pedófilo.

A TV Record errou ao fazer uma matéria neste domingo (03) sobre o pedófilo Syllas Souza Silva, acusado de abusar de mais de 60 crianças no Distrito Federal, e provocou a fúria de internautas, que levantaram a hashtag ‘Record Lixo’ aos Trending Topics do Twitter.

Na reportagem, a emissora afirmou que o Syllas usava perfis falsos para chegar até suas vítimas. Em um dos perfis, o pedófilo usa a foto do youtuber Maicon Kuster, o que foi ignorado pela emissora, que afirmou que se tratava de ‘Syllas usando uma peruca’. (Veja o vídeo abaixo).

Nas redes, o youtuber criticou a emissora e afirmou que irá processá-la: ‘Vocês tem noção que eu corro risco de morte por culpa da irresponsabilidade completa de vocês?’

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!