Senador pede que CPI convoque ex de Bolsonaro metida nas rachadinhas

Publicado em 3 setembro, 2021 5:07 pm
Ana Cristina Valle, segunda ex-mulher de Jair Bolsonaro, foi por sete anos chefe de gabinete de Carlos. Hoje, trabalha com o vereador Renan Marassi, PPS, em Resende. Foto: Custódio Coimbra

Senador Alessandro Vieira, do Cidadania, pede a que a CPI da Covid chame a depoimento a ex-mulher de Bolsonaro, Ana Cristina Valle.

LEIA MAIS:

1 – China ignora EUA e estende Rota da Seda Digital até América Latina

2 – OMS monitora de perto nova variante “Mu” da Covid-19, surgida na Colômbia

Por qual razão convocar Ana Cristina?

A segunda ex de Bolsonaro aparece em conversas com o suposto lobista da Precisa, Marconny Albernaz de Faria.

Chegou a, segundo a CPI, interceder pela nomeação de aliados dele.

E ela está na mira do MP do Rio.

O senador falou sobre a convocação no Twitter.

Jair Renan com a Precisa

O filho 04 de Bolsonaro, Jair Renan, encontrou o ex-secretário da Anvisa José Ricardo Santana, lobista da Precisa Medicamentos, num churrasco na casa da advogada do presidente, Karina Kufa.

Pessoas presentes no evento afirmaram à coluna de Guilherme Amado que os dois estavam no local, assim como o advogado Marconny Albernaz, também citado como lobista da farmacêutica.

Em depoimento à CPI da Covid, Santana disse não se lembrar se esteve com Jair Renan.

O encontro aconteceu em maio e reuniu cerca de 10 pessoas.

Santana é suspeito de ter tentado favorecer a Precisa Medicamentos em licitações do Ministério da Saúde.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!