TSE quer comprovantes de gastos do PSL com WhatsApp na campanha de Bolsonaro

Publicado em 21 outubro, 2019 7:01 pm

Do Uol

O presidente Jair Bolsonaro – Evaristo Sa/AFP

O corregedor do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Jorge Mussi, afirmou hoje que avalia pedir cópia da prestação de contas do PSL e anexá-la à investigação sobre o disparo em massa de mensagens de Whtasapp.

Reportagem publicada pela revista Vortex Media hoje afirmou que gastos da campanha de Jair Bolsonaro (PSL), entre eles com disparos de mensagens pelo WhatsApp, não foram incluídas na prestação de contas do então candidato a presidente.

(…)