VÍDEO: Bolsonaro defende encontro com chefe da CIA e ataca sul-americanos

Publicado em 2 julho, 2021 7:11 pm
Reprodução

Em conversa com apoiadores nesta sexta-feira (02), o presidente Jair Bolsonaro (02) falou sobre o encontro com o diretor da CIA, William J. Burns, que visitou o Brasil sem divulgação sobre o objetivo de sua vinda.

Também sem dar detalhes, Bolsonaro disse ter conversado “muito” com Burns “reservadamente”.

O chefe do governo brasileiro disse que “ninguém vive mais isolado, nem vocês”. “É bom interagir com o vizinho, com o cara da frente, no seu serviço, trabalho, e eu interajo com vários países aqui”, disse.

Bolsonaro também passou a falar do cenário político da América do Sul. “A gente analisa como estão as coisas. Na Venezuela o pessoal não aguenta mais falar, mas olha a Argentina. Para onde está indo o Chile. O que aconteceu na Bolívia? Voltou a turma do Evo Morales e mais ainda: a presidente que estava lá com um mandato tampão está presa, acusada de atos antidemocráticos. Estão sentindo alguma semelhança com o Brasil? Agora, com todo respeito a vocês, vocês são uma força, mas não decidem”, disse o presidente.

Confira abaixo:

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!