VÍDEO: Candidato bolsonarista é acusado de forjar ação para alavancar campanha

Publicado em 8 outubro, 2020 8:35 pm

Capitão Alberto Neto (Republicanos), candidato à prefeitura de Manaus, foi acusado de ter forjado o fragrante a um assalto para alavancar sua campanha.

Ele fez a abordagem com arma em punho e neutralizou um suposto assaltante até que a Polícia Militar chegasse ao local da ocorrência.

No vídeo abaixo, o delegado da Polícia Civil Costa e Silva, candidato a vice-prefeito pelo Patriota, aparece ao lado de Adão, o suposto assaltante.

“Entrou um rapaz no ônibus e disse que eu tinha pegado o celular dele, sendo que não tinha acontecido isso comigo. Nós fomos para a delegacia e chegando lá, revistaram a minha bolsa de ferramentas. Eu sou pedreiro e estava a caminho do serviço. O que encontraram foi meu material e meu celular”, contou Adão.

Ele declarou ainda que não tem envolvimento no delito e que deseja limpar a imagem dele que viralizou nas redes indevidamente.

“A verdade sempre tem que vir à tona”, diz Costa e Silva finalizando o vídeo.

Veja:

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!