Vítima da covid, Maguito Vilela viu 2 irmãs morrerem por causa da doença

Publicado em 13 janeiro, 2021 5:10 pm
Maguito Vilela. Foto: REPRODUÇÃO/FACEBOOK

De Flávia Said no Metrópoles.

Depois de ficar internado por quase três meses, o prefeito licenciado de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), morreu na madrugada desta quarta-feira (13/1), aos 71 anos. Ele testou positivo para a Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, no dia 20 de outubro.

As duas irmãs do emedebista morreram em agosto do ano passado, com menos de 10 dias de diferença. Em 19 de agosto, Nelma Vilela Veloso, de 76 anos, morreu com coronavírus. Ela tinha comorbidades – como diabetes e problemas pulmonares –, o que agravou o quadro da Covid-19.

Já no dia 28 do mesmo mês, a irmã mais velha de Maguito, Nelita Vilela, de 82, também faleceu. Ela ficou internada por mais de duas semanas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas de Jataí.

Maguito, que venceu as eleições para prefeito no ano passado, estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!