Estudantes negros foram espancados em bar no Rio porque queriam usar o banheiro

Reprodução: Facebook

PUBLICADO NO FACEBOOK DO SLAM DAS MINAS RJ

Na madrugada do dia 11 de Janeiro de 2020 nós, 5 jovens negros estudantes (sem expor nossos nomes por seguranca) fomos covardemente linchados pelos seguranças e donos do primeiro bar após a pedra do sal. A agressão foi após um ato de racismo no qual fomos impedidos de usar o mesmo banheiro que frequentadores brancos.

Os criminosos usaram barra de ferro, taco de basebol, socos e ameaça com arma de fogo contra 3 meninas e 2 rapazes desarmados. A confusão atraiu linchadores que nos bateram enquanto pedíamos socorro. Foi uma agressão gratuita ao nosso grupo e só queremos justiça e que esses homens não façam isso com mais ninguém, até porque já há relatos de que já agrediram mulheres nesse bar. Eles não podem sair impunes disso. Estamos todos lesionados fisicamente e com o psicólogo destruído. Na segunda feira a pedra do sal já vai estar lotada novamente e esses caras que nos agrediram comando o bar novamente. Precisamos de ajuda!!! Fiquem em alertas!!!!

Não permitiremos mais agressões.

Quando o rebanho se une, o Leão dorme com fome!!!

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!