Evento com Lira e convidados sem máscaras seguiu “protocolos”, diz empresa

Aglomeração e poucos de máscaras: Arthur Lira em evento da Esfera com a Febraban. Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira (30), o Diário do Centro do Mundo (DCM) publicou que o evento da Febraban, que gerou o manifesto pela “pacificação dos poderes” com a presença do presidente da Câmara, Arthur Lira, teve aglomeração e falta de máscaras. A empresa responsável pelo evento é a Esfera Brasil.

LEIA MAIS:

1 – A decisão de Lula. Por Moisés Mendes

2 – VÍDEO: Bolsonaro diz que não sabe se vai se candidatar e desconversa sobre Mourão

Empresa envia nota ao DCM

A Esfera Brasil enviou uma nota de esclarecimento sobre a reportagem nesta terça (31).

Escreveram o seguinte:

“Esclarecemos que o evento realizado seguiu todos os protocolos sanitários e as regras vigentes no decreto do Estado de São Paulo, seguida por todos os hotéis na cidade.

Usamos 50% da capacidade da sala e os convidados que optaram por comparecer presencialmente já estavam vacinados, realizaram teste de Covid na entrada, com resultado em instantes, mantiveram distanciamento e permaneceram de máscara durante todo o evento – exceto durante alimentação, como já acontece em bares e restaurantes – e rapidamente para fotografias.

Houve também transmissão ao vivo, disponibilizada em todos os canais da Esfera Brasil”.

Até o momento, o DCM não recebeu esclarecimentos do hotel Grand Hyatt, onde ocorreu o evento.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!