Ex-aluno de deputada que denuncia “professores doutrinadores” posta fotos dela com camiseta de Bolsonaro em classe

A professora Ana Caroline Campagnolo em sala de aula com camiseta de Bolsonaro

Ministério Público Federal em Chapecó recomendou às universidades da região oeste de Santa Catarina que ajam para impedir qualquer forma de assédio moral a professores por parte de estudantes, familiares ou responsáveis.

É uma reação às representações recebidas pela Procuradoria da República sobre um canal anônimo de denúncia criado pela deputada estadual eleita Ana Caroline Campagnolo (PSL), aliada de Bolsonaro.

Ana Caroline quis estimular a deduragem pedindo que estudantes gravassem vídeos de docentes que fizessem “queixas político-partidárias em virtude da vitória do presidente Bolsonaro” .

Elas deveriam ser encaminhadas a seu número de celular. A bolsonarista quer o fim do que chama de “professores doutrinadores”.

“O Estado e seus agentes devem ser impessoais, neutros ao máximo possível, e os professores isentos na posição das matérias, principalmente nas matérias ideológicas”, diz ela.

No Twitter, um ex-aluno postou fotos dela com camiseta de Bolsonaro em classe.

Identificado como poetjjong, ele escreveu, dirigindo-se à antiga mestra: “Lembra do dia que vc usou uma camisa do bolsonaro nas aulas?? pq eu sim! ainda por cima posando pra foto com aluno, tsc tsc…”

“A hipocrisia da corja de direita chega a doer. Tenho pena da educação do meu estado nas mãos dela”.

Ana Caroline está seguindo as ordens de seu ídolo, que gravou um apelo aos bolsominions para que eles entreguem “o que acontece na sala de aula” em nome dos “homens de bem do Brasil” (assista abaixo).

Em abril, o pessoal do Escola Sem Partido tentou constranger um professor da rede pública de Fortaleza por ele postar nas suas redes uma foto vestindo uma camiseta com o slogan “Eleição Sem Lula é Fraude”.

O bom exemplo de Ana Caroline para as crianças

Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui.

Clique aqui e assine nosso canal no youtube

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!