Fake news: Eduardo Bolsonaro atribui a Churchill frase que ele nunca disse sobre antifascistas

Eduardo Bolsonaro (Foto: Diego Bresani)

Que o limítrofe Eduardo Bolsonaro tem pouco ou nenhum apreço pelos fatos, não chega a ser uma novidade.

Neste domingo, comentando os protestos que ocorreram em São Paulo e Rio, o deputado não poupou Winston Churchill de sua obsessão pelas fake news.

“Os fascistas do futuro, se chamarão a si mesmos de antifascistas”, teria dito Churchill (ainda tem essa vírgula fora de lugar).

Essa bobagem atribuída a Churchill foi postada em 2018 pelo então governador do Texas, Greg Abbott, no Twitter.

Alertado para a mentira que estava espalhando, Abbot apagou a postagem e pediu desculpas.

O site de checagem Snopes levantou que a cascata começou a circular por volta de 2010, mais de 40 anos após a morte de Churchill.

Timothy Riley, do National Churchill Museum, explicou que essa citação não aparece na obra do político inglês.

“Winston Churchill escreveu mais de 15 milhões de palavras – em artigos, discursos, livros e outros escritos. Não há evidências de que o estadista tenha escrito as palavras em questão”, disse.

“É impossível saber se ele pronunciou as palavras na conversa, mas não conheço nenhum dos contemporâneos de Churchill que registrou ou se lembra da declaração”.

Eduardo Bolsonaro e a frase que Churchill nunca disse

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!