Falta de atores negros em novela da Globo renderá audiência no Ministério Público do Trabalho no próximo dia 13

O elenco de “Segundo Sol” passou muito tempo na sombra

Segundo o colunista Mauricio Stycer, no UOL, o Ministério Público do Trabalho (MPT) promove, no próximo dia 13, uma audiência pública sob o tema “Inclusão de Negros e Negras no Mercado de Trabalho nas Redes de Televisão”. O evento, no Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT-RJ), deve contar com a participação de especialistas, artistas, jornalistas, representantes dos movimentos negros e coletivos negros.

O objetivo da audiência pública, segundo o MPT, é discutir o cumprimento do Estatuto da Igualdade Racial. “Além do direito à igualdade de oportunidades e respeito à diversidade étnico-racial da população brasileira, a discussão é fundamental para o enfrentamento do racismo estrutural, historicamente sustentado pelos estereótipos disseminados nas redes de televisão e pela ausência de negros e negras na programação”, diz Elisiane Santos, procuradora do MPT em São Paulo, no material de divulgação do evento.

A audiência pública é um desdobramento das notificações enviadas à Globo, ao SBT e à Record em maio e junho deste ano com a recomendação que adotassem uma série de medidas para assegurar oportunidades iguais de emprego. O pretexto inicial foi a escalação do elenco da novela “Segundo Sol”, ambientada em Salvador, que contava com apenas quatro atores negros entre os principais.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!