Fantasia sexual termina na polícia, com dois homens e uma mulher, carro destruído e um espeto. Por Daniel Trevisan

O carro do casal foi destruído

O casal saiu de um município Paraná no sábado à noite para se divertir no apartamento de um homem solteiro da cidade de São Miguel do Oeste, no Estado de Santa Catarina. Os três haviam se conhecido em um site de relacionamento. O fetiche do marido era ver a mulher transando com outro homem. A brincadeira terminou na delegacia de polícia e mobilizou o Corpo de Bombeiros, a Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Militar de Santa Catarina, além da Polícia Civil.

O caso começou a virar ocorrência policial quando o morador de um condomínio em São Miguel do Oeste ouviu barulho de carro sendo quebrado no estacionamento e foi dar uma espiadinha na janela. Viu um homem pelado com espeto na mão e uma mulher igualmente nua, desesperada. O homem nu era vizinho dele e quebrava o Ford Ka preto do casal que mora no Paraná.

O morador que espiava telefonou para a Polícia Militar de São Miguel do Oeste, mas, quando a viatura chegou, o Ford Ka já não estava no local, bem como a mulher nua e o marido, vestido. O homem que fora visto nu com espeto na mão avisou que o casal morava no Paraná e a Polícia Rodoviária Federal foi avisada, já que o estrada que liga os município é da administração federal.

Dito e feito. O carro foi parado em um posto policial da estrada. O homem ao volante estava em visível estado de embriaguez, mas não quis fazer o teste do bafômetro. A mulher, também aparentemente bêbada, foi levada para ser atendida no Corpo de Bombeiros.

Segundo relato transmitido pela 103 FM, do grupo WH Comunicações, de São Miguel do Oeste, ainda estava seminua. Medicada, ela foi levada, juntamente com o marido, para a delegacia da cidade catarinense, onde ficaram até aproximadamente 7 horas da manhã, na presença do homem solteiro que mora cidade.

Foi quando os fatos se esclareceram.

Depois do encontro marcado pelo site, o casal foi até a cidade, diretamente para o apartamento do homem solteiro. Levaram bebida, e a festa começou. À certa altura, o marido discordou de algo que o homem solteiro fazia com sua mulher, e começou uma discussão.

O marido foi colocado para fora do apartamento, mas ele voltou, com uma chave de fenda, que usou para arrombar a porta, entrar e atacar o outro.

O casal acabou deixando o apartamento correndo, com a mulher nua, segundo relato do vizinho. O homem solteiro foi atrás, com o espeto na mão. E quebrou o carro, conforme mostram as fotos.

Ainda assim, o casal fugiu, a polícia foi avisada, e agora os dois homens responderão por dano ao patrimônio. O marido ainda foi enquadrado por embriaguez ao volante. Ao se recusar a fazer o teste do bafômetro, ele se sujeitou à multa de R$ 3 mil e à perda da carteira de habilitação pelo prazo de 1 ano.

Desde domingo, este é o grande assunto na região, conforme se pode ver pelo ânimo com que comunicadores da rádio 103 FM noticiaram e comentaram os fatos.

Se o que o casal buscava era quebrar a monotonia, conseguiu, com doses extras. Veja o vídeo com o noticiário local:

 

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!