Faz sentido Chinaglia e Orlando Silva debatendo política no Congresso do MBL? Por Moisés Mendes

Brincadeira de mau gosto

PUBLICADO NO FACEBOOK DO AUTOR

Arnildo Chinaglia, deputado do PT, e Orlando Silva, deputado do PCdoB, vão participar em novembro do Congresso do MBL sobre reforma política, ao lado de Kim Kataguiri.

Parece daquelas coisas fora do lugar e da hora.

Daqui a pouco as esquerdas poderão participar de eventos promovidos pelos filhos de Bolsonaro?

Nessas situações, fica-se imaginando quantos o MBL convidou antes, até chegar em alguém que topasse participar.

É o tipo de debate em que não há como não perguntar: o que a democracia ganha com isso, num encontro em que seus organizadores afrontam a própria democracia?

Ou para ser sincero e honesto: o que ganha um participante de esquerda num congresso como este?

Porque o primeiro a considerar vantagens e perdas num evento assim é o próprio debatedor. Os kamikazes não tinham esse dilema.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!