Flávio Dino e a Escola Livre: parabéns, governador. Por Jean Wyllys

Flávio Dino. Foto: Reprodução/TV

PUBLICADO ORIGINALMENTE NO FACEBOOK DO AUTOR

O decreto do governador do Maranhão, Flávio Dino, editado ontem, que garante liberdade de cátedra para os professores de sua rede estadual de ensino, é correto e caminha para muito perto do PL 6005/2016 que apresentamos na Câmara, também em virtude de tentativas de censurar as escolas. Ofereço link ao final desta postagem.

O decreto, assim como nosso projeto batizado de Escola Livre, não estabelece nada de inovador para educação, mas, ao contrário, ratifica direitos constitucionais que o Supremo Tribunal Federal já julgou como inalienáveis ao vedar o “escola sem partido”, que é um instrumento de pressão das bancadas fundamentalistas religiosas para calar debates socialmente relevantes nas escolas, como os direitos das mulheres, de negros e LGBT’s.

Dino determinou que professores tem autonomia pedagógica para lecionar o conteúdo previsto na base curricular e que não podem ser assediados por alunos e seus pais só porque eles são eventualmente estejam contrários ao que é ensinado. Praticamente o mesmo que propusemos.

Quero parabenizar publicamente o governador, pela coragem de defender e valorizar os profissionais de educação, que tanta vezes enfrentam a falta de estrutura e a baixa remuneração para dar um futuro melhor a nossas crianças e adolescentes. Em tempos em que a ignorância das redes sociais tenta manipular a opinião pública contra quem mais se dedica a construir um futuro melhor pra nós, é um alento saber que ainda há quem defenda uma prioridade para o que é certo.

.x.x.x.

Jean Wyllys, professor, é deputado federal pelo PSOL.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!