Fora das manchetes: mundo tem recorde de casos e de mortes por coronavírus. Por Fernando Brito

Teste Covid-19. Imagem: Freepik

Originalmente publicado em TIJOLAÇO

Por Fernando Brito

Enquanto acompanha, a toda hora, a lenta contagem de votos nos Estados Unidos, o mundo não está prestando a atenção que deveria no que já se configura numa nova onda mundial da Covid 19 que já ultrapassou o volume da primeira, com mais casos e mais mortes em todo o planeta.

Ontem, segundo o acompanhamento da Universidade John Hopkins (gráficos acima) foi o dia com maior registro de novos infecções e novas mortes provocadas pelo vírus: 685 mil, com quase 11,5 mil óbitos.

Na Europa, de novo o centro da tragédia, foram quase 4 mil mortes registradas ontem e no Estados Unidos, 1,2 mil, com um número de novos cados, 108 mil que supera e mais de 35% o número de diagnósticos feitos durante a pior fase, até agora, da pandemia.

Os bloqueios no continente europeu terão de se tornar mais severos e, nos EUA, é inevitável que terão ser adotados.

Além de toda tragédia humanitária, provavelmente teremos outro terremoto na economia, que encontrará a todos mais frágeis e vulneráveis.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!