Frota tem até segunda para mostrar na Justiça elo de Bia Kicis com envolvido em ameaça de morte a Doria

Alexandre Frota, que hoje defende o impeachment do boneco que empunhou

A Justiça do Distrito Federal deu até a próxima segunda-feira (4) para o deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) apresentar as provas de ligação entre a deputada Bia Kicis (PSL-DF) e um certo senhor Ilmo Buzo, militante bolsonarista que gravou vídeo de um homem dizendo que irá invadir o Palácio dos Bandeirantes e matar o governador João Doria, de São Paulo.

A decisão judicial, publicada no último dia 22 e com prazo de 10 dias para o cumprimento da ordem por Frota, atende a uma interpelação judicial representada por Bia Kicis, que afirma ser mentira o que disse o parlamentar tucano. A interpelação judicial é o primeiro passo para que se dê abertura a um processo penal por crime contra a honra. Assim, nesta sexta, ou Frota se explica, ou vira réu.

Veja, abaixo, o vídeo gravado por Buzo. Quem aparece aos gritos é o advogado Marcelo Pegoraro.

As imagens acima foram gravadas no último dia 11, em São Paulo. Alexandre Frota teria afirmado que a pessoa que grava o vídeo se chama Ilmo Buzo, e que “seria ligado a Bia Kicis”. A parlamentar de tal maneira indignou-se com a afirmação que acionou as engrenagens da Justiça Criminal, interpelando o deputado. “Nunca ouvi falar dessa pessoa. Essa gente que nos acusa de FakeNews é um caso sério!”, afirmou, em suas redes sociais.

De qualquer maneira, a ojeriza de Bia Kicis com a pessoa que gravou o vídeo não é a mesma da turma de seu partido em relação ao advogado que aparece no vídeo. Marcelo Pegoraro é figura atuante nos trabalhos para a criação do Aliança para o Brasil, partido que Bolsonaro quer lançar, para o qual fez campanhas nacionais de assinaturas até o final do ano passado.

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), a que tem Sergio Moro como padrinho de casamento, por exemplo, já esteve mais de uma vez com Pegoraro, em eventos em prol do Aliança, em manifestações verde-amarelas, em eventos partidários. Ela está longe de ser a única, como mostram as imagens.

Ainda assim, Bia Kicis quedou-se ultrajada em sua honra ao ponto de ir aos tribunais por que Alexandre Frota disse que ela teria ligação com quem filmou o autor da ameaça. Isso, aliás, a deputada nem viu nem ouviu Frota falar, mas sim leu na revista “Isto É”, em reportagem do jornalista Germano Oliveira, conforme se lê em sua rede social.

Só Bia Kicis – ou Alexandre Frota – pode explicar por que se revoltou tanto com a possibilidade de conhecer Ilmo Buzo. O que já se sabe, porém, é que também o senhor Buzo, o da esquerda na foto abaixo, não causa aos amigos da deputada a mesma repulsa que a acomete.

 

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!