Galã da Globo afirma que evita discussão sobre política no WhatsApp e declara seu voto: “tudo menos Bolsonaro”

Segundo entrevista a coluna de Monica Bergamo, na Folha, o ator Chay Suede, cujo nome de batismo é Roobertchay Domingues da Rocha Filho, criado pelo avô, afirma que tem evitado discussão sobre política nos grupos de WhatsApp de família e declara seu voto. Confira:

No grupo de WhatsApp da família, Chay diz que política virou um assunto vetado até o fim do segundo turno. “É um bom jeito de não discutir com quem a gente ama.” Seus pais são separados e ele tem cinco irmãos.

“Não voto em partidos, voto nos indivíduos. Eu me identifico mais com a esquerda por motivos de amor. Eu acho que a esquerda representa um amor mais amoroso sobre o próximo e sobre se preocupar com questões que não necessariamente são suas.”

No primeiro turno, votou em Ciro Gomes (PDT) para a presidência porque identificava nele as “propostas mais claras e mais praticáveis” para redistribuir a renda no país. Agora, diz que é “tudo menos [Jair] Bolsonaro”.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!