Genoino Inocente. Delúbio Inocente. Por 15 anos, vidas e lutas destruídas. Por Zezé Weiss

Delúbio e Genoíno

PUBLICADO NO XAPURI

POR ZEZÉ WEISS

Tardia, depois de 15 anos a justiça brasileira reconhece que José Genoino e Delúbio Soares, condenados e presos por crimes que não cometeram, são inocentes. Quem vai pagar pela estrago feito na vida deles e do PT?

Em decisão tomada na última terça-feira, 18 de agosto, o Tribunal Regional Federal l da 1ª Região (TRF1), em Brasília, extinguiu as punições de Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT,  e José Genoino Neto, à época presidente do PT. Depois de 15 anos de danos irreparáveis às suas vidas e ao PT, Genoino e Delúbio tiveram suas punições extintas por um simples motivo: não foi encontrada uma única prova contra eles.

Acusados por falsidade ideológica em Ação Penal gerada a partir do caso do Mensalão, em 2005, a decisão por inocentá-los, proferida, repito, 15 anos depois, jamais será capaz de reparar a dor da injustiça feita a essas duas lideranças históricas do Partido dos Trabalhadores, que tiveram suas vidas estraçalhadas e suas reputações destruídas.

Genoino e Delúbio foram acusados de simular empréstimo junto ao Banco de Minas Gerais (BMG). Jogado às feras da mídia e da burguesia, o PT sofreu grandes e irreparáveis danos. Parte grande desse dano não foi só para o PT, foi para toda a sociedade brasileira. Embalada na onda do antipetismo, parte dela apoiou o golpe contra a presidenta Dilma em 2016 e elegeu o traste que hoje nos desgoverna.

Delúbio classifica a decisão do TRF1 de uma grande “vitória política” para ele e para seu partido. “Com o decorrer do tempo, vou mostrando ao povo brasileiro que não cometi nenhum crime e que todas as acusações criminais a mim imputadas são derivadas da perseguição empresarial, midiática e dos setores conservadores contra o Projeto Democrático e Popular representado pelo PT e seus aliados,” afirma Delúbio.

Coração valente, para José Genoino não há tempo para ódios nem rancores, há, sim, muita disposição para seguir lutando para que outras injustiças, como a prisão em crime e sem provas de Lula, também sejam extintas. ” Vamos em frente, companheira, porque, como dizia Dom Pedro Casaldáliga: Perder a Esperança? Nunca! Isso não quer dizer que não vamos lutar por todas as reparações a que temos direito,” afirmou Genoino à revista Xapuri na tarde desta sexta-feira, 21 de agosto.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!