Globo irá transformar vida de Luiza Brunet em filme. Episódio de violência doméstica fará parte do longa

Segundo o Notícias da TV, Luiza Brunet terá sua vida retratada em um longa da Globo Filmes, que depois vai virar minissérie em quatro capítulos para ser exibido na TV. A produção vai selecionar uma jovem atriz para interpretar a ex-modelo na fase em que mais fez sucesso nas passarelas e capas de revistas (inclusive as masculinas), nos anos 1980.

“É baseado no livro que lancei em 2014, Luiza. Eu recebi o convite da Carolina Kotscho, que foi roteirista de 2 Filhos de Francisco [A História de Zezé Di Camargo & Luciano, de 2005]. É um privilégio poder contar a minha história, eu tenho noção disso”, comenta a beldade.

Aos 56 anos, ela se tornou ativista contra a violência doméstica após denunciar seu ex-companheiro, o bilionário Lírio Parisotto, por agressão em 2016. Ele foi condenado no último dia 14 pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

O empresário vai ter de prestar serviços comunitários por um ano e se apresentar mensalmente no fórum, além de não poder sair do país sem autorização da Justiça. Ainda cabe recurso da decisão no Superior Tribunal de Justiça.

O caso polêmico fará parte do filme. Luiza conta que aprendeu a contar sua história, inclusive os episódios que gostaria de não ter vivido. “Tem um recorte grande dos anos 1980, em que eu tinha o título de top model, e vai numa crescente até os dias de hoje. Não esconde nada”, resume a empresária.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!