Governador da Bahia defende “toque de recolher” para combater a pandemia

O governador da Bahia, Rui Costa (PT)

Do UOL.

O governador da Bahia, Rui Costa, defendeu hoje a decisão de implementar toque de recolher em algumas cidades para evitar a propagação do coronavírus. Em debate na Globo News, Miriam Leitão questionou se a medida não seria “forte demais”, ao que ele respondeu: “Forte demais é presenciar morte de pessoas inocentes. É melhor uma medida forte e rápida do que eu tratamento longo e demorado”.

Costa disse que estado luta contra o funcionamento de bares clandestinos, que “funcionam com as portas baixadas, mas cheios de gente dentro” e afirmou que a medida, em vigor desde ontem, “tem dado resultado”. O governo do estado decretou toque de recolher em três cidades — Ipiaú, Itabuna e Jequié. Outras oito cidades tiveram a mesma medida decretada por suas prefeituras. Com isso, pessoas não podem circular à noite em 11 cidades baianas.

“Temos agido desde o início de forma seletiva, não decretamos nada uniforme em todo o estado. A única medida geral é a suspensão das aulas, as outras medidas são por região ou cidades”, esclareceu Costa.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!