Gretchen abre o jogo sobre violência doméstica de ex: “Não suportei e fugi”

Ela

Do UOL

Gretchen falou sobre a violência doméstica que sofreu em um de seus casamentos no “Programa do Porchat” de terça-feira (14). Sem revelar de qual marido se trata, a cantora explicou por que não denunciou o agressor na ocasião.

“Naquela época não tinha [a lei] Maria da Penha. Eu tinha vergonha, minha mãe chegava em casa e eu estava de braço roxo, testa roxa e dava respostas idiotas, dizia que bati no armário. Teve um momento que não suportei mais e consegui fugir. Quando ele voltou, se fosse atrás de mim cairia na imprensa. Corria o risco de eu contar e ficaria pior”, recorda.

Ela conta que o ex já está ciente de que será personagem no longa sobre sua vida, que será dirigido por Antônia Fontenelle. “A gente vai falar de violência doméstica, da perda do meu bebê quando nasceu, traição, tudo. Vou contar toda a verdade, já avisei o povo. Ele não está mais aqui no Brasil, mas sabe”.

A Rainha do Rebolado não teme ser processada ao trazer à tona que apanhava em casa. “Processo de uma coisa que é verdade? Não tem que provar, é a minha palavra, e eu sei contar direitinho o que aconteceu. Por isso resolvi que essa parte do filme fosse importante”.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!