Greve de professores em novela da Globo estimula ator de 17 anos a votar

Fhelipe Gomes vota pela primeira vez aos 17 anos
(Foto: Reprodução/Instagram)

Do UOL

Em “O Tempo Não Para”, novela das sete da Globo, Lucas (Fhelipe Gomes) está sem aulas há semanas por causa de uma greve dos professores. A trama e a preocupação com o Brasil mobilizaram o intérprete do aluno de escola pública a participar da eleição aos 17 anos, idade em que o voto é facultativo.

“Mesmo não precisando, eu decidi votar, porque o futuro começa com os jovens, e os jovens não estão tendo a oportunidade de ter um futuro. Como é que vai ser? A gente não vai sair do lugar assim. Eu tive essa coragem”, conta Fhelipe Gomes ao UOL.

O ator paranaense votou no primeiro turno –“É emocionante, sempre quis apertar aquele botão sozinho”– e agora se prepara para eleger o governador do Rio de Janeiro, onde mora com a família, e presidente da República. Por exigência da Globo, Fhelipe tirou todos os documentos, inclusive o título de eleitor. Engajado, publicou uma foto com o documento para estimular os fãs.

“Muita gente que me segue não tem título, mas com certeza eles podem ter visto a foto e perguntado aos pais em quem eles irão votar, já causa um debate, uma pesquisa para saber o que o candidato tem a oferecer. Desde pequenos não somos acostumados a falar disso, eram só os mais velhos e agora os jovens porque virou moda”, afirma.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!