Hacker de Araraquara: mensagens mostram que ‘Vermelho’ era um exibicionista. Por Fernando Brito

Walter Degatti Neto, um dos hackers

PUBLICADO NO TIJOLAÇO

O jornal A CidadeOn, de Araraquara, publicou ontem a reprodução de diversas telas com mensagens que Walter Delgatti Neto, o suposto hacker, teria trocado com pessoa da cidade, vangloriando-se de ter obtido listas de telefones de “famosos”, entre eles jogador Neymar, Pedro Bial, Galvão Bueno e o apresentador do Jornal Nacional, William Bonner.

As conversas, ocorridas dias depois de terem se iniciado as publicações do The Intercept, mostram um sujeito fanfarrão, exibindo o resultado de invasões de relações de contatos e falando sobre a impossibilidade de vender o conteúdo das invasões, “agora que explodiu”.

Pior ainda, o jornal reproduz uma tela do twitter de Delgatti (@Waltergrandsonn, Walter Neto, em inglês) dirigida ao próprio Deltan Dallagnol, “explicando” como permaneciam ativos os registros de mensagens, mesmo se estas fossem apagadas, veja:

O que um “hacker” pretende, explicando para o suposto “hackeado”, com seu endereço eletrônico, sua foto e o seu nome, como seu telefone ainda contém as “provas” de que haviam as mensagens apagadas?

Esta história está muito longe do fim e o personagem central é um poço de contradições.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!