Imagine um presidente do PT promovendo a atual perseguição ao funcionalismo público. Por Luis Felipe Miguel

PUBLICADO NO FACEBOOK DO AUTOR

Jair Bolsonaro. Foto: Evaristo Sá/AFP

Imaginem um presidente do PT promovendo uma perseguição ao funcionalismo público como a que está acontecendo agora.

Ou nomeando gente tão ostensivamente despreparada para cargos de importância.

Ou sacrificando áreas como Educação ou Relações Exteriores para fazer agitação ideológica.

Ou assinando um decreto tão torto, tão desonesto, tão transparente em sua intenção de burlar a lei quanto o de ontem.

Essa é a diferença entre estar no governo a convite dos donos do poder – ou apenas ser tolerado por eles.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!