Indústria, inovação e sustentabilidade: desafios atuais

Pauta Brasil
Indústria, inovação e sustentabilidade: desafios atuais. Thumb/DCM

Nesta sexta-feira, 3 de dezembro, o programa Pauta Brasil teve como centro do debate temas decisivos para se pensar o futuro do país: indústria, inovação e sustentabilidade. Adão Villaverde, Francelino Grando e Nadya Pesce Silveira, com mediação de Artur Araújo, da Fundação Perseu Abramo, falaram sobre como estes três temas que se interligam e quais as saídas possíveis.

Adão Villaverde é engenheiro, professor de Gestão do Conhecimento e da Inovação e ex-presidente do Fórum Nacional de Secretários de CT&I e foi deputado estadual pelo PT-RS. Ele acredita “que o mundo que vivemos vem passando por um conjunto de mudanças aceleradas. E isso tem nos levado a transformações na sociedade, do ponto de vista material e também de convivência”.

Villaverde falou também sobre as contradições colocadas com a pandemia, e “que o SUS acabou fortalecido pela pandemia, apesar de tantas críticas ao longo do tempo” e sobre sociedade do conhecimento, evolução das revoluções industriais e a etapa que vivemos hoje.

Para inovar precisamos de anos de investimentos, públicos e privados, disse Villaverde, que defendeu ser fundamental que o “setor privado invista muito e resultados concretos para a sociedade”. E denunciou o abandono pelo governo de uma visão de Estado sobre um tema importante, os condutores.

Leia também:

1; R$ 100 mil de pastor bolsonarista Valdemiro Santiago são penhorados pela Justiça

2; VÍDEO; Lula participa de exibição do filme ‘Marighella’ no Sindicato dos Metalúrgicos

3; Geraldo Alckmin ficou furioso com Gilberto Kassab

Francelino Grando é professor da UFSCar, ex-secretário de Tecnologia e de Políticas de Informática do MCT e de Inovação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. Ele encara o tema sob a perspectiva da inovação, “um conceito muito mistificado, relacionado com descoberta e achado. Não é isso. Inovação é o produto de um ambiente favorável à inovação. Há muitas condicionantes para que ocorra de fato uma inovação”, explicou.

Grando não deixou de também relatar que a dita ‘descoberta’ do Brasil por Cabral só foi possível graças a pelo menos três séculos de experiências e avanços na navegação. “Inovação é o resultado de um conjunto de variantes que a propiciam”, falou.

O professor defendeu o potencial criativo do Brasil e “por isso é tão reconhecido mundialmente, porque somos uma nação miscigenada, porém dominada por uma elite branca, acomoda para gerar novidade, inovação. Eu sou pelo PPPP (pretos, pardos, pobres, periféricos)”. E lembra que temos a grande tarefa de fazer a transição energética.

Nadya Pesce Silveira é professora titular do Instituto de Química da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Ela elencou várias ações exitosas da ciência brasileira com estudos, vacinas e tratamentos eficientes para doenças como Aids/Hiv, malária, entre outras.

A professora também falou sobre os cortes nos investimentos e as falaciosas críticas aos resultados destes investimentos. Mas acredita que é necessário, “como foi nos governos do PT, investir no ensino superior, porém temos que discutir as metodologias de futuro”, afirmando que acredita que o futuro poderá ser alterado a partir de um outro governo, “democrático e popular”.

Investimentos pesados do Estado, apropriação de conhecimentos científicos, investimentos em ciência e ensino superior, temas de desenvolvimento e sua relação com as ações para evitar o desastre climático, propostas de desenvolvimento sustentável (de alimentação, moradia, transportes) para reverter a pobreza e a desigualdade estiveram no programa de hoje. Assista a íntegra aqui.

Sobre o Pauta Brasil

Pauta Brasil recebe especialistas, lideranças políticas e gestores públicos para discutir os grandes temas da conjuntura política brasileira. Os debates são realizado nas segundas, quartas e sextas-feiras e serão transmitidos ao vivo pelo canal da Fundação Perseu Abramo no YouTube, sua página no Facebookperfil no Twitter, além de um pool de imprensa formado por DCM TV, Revista Fórum, TV 247 e redes sociais do Partido dos Trabalhadores.

Confira abaixo:

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link.

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link.