Desonesta, Janaína Paschoal confunde para equiparar jornalismo com gente que espalha fake news como método

Janaína Paschoal – Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Para quem vendeu ao PSDB uma peça de ficção que resultou no golpe contra Dilma, não surpreende que Janaína Paschoal saia em defesa de sites cujo método é espalhar fake news.

Leia mais: 

1. Ana Paula do vôlei oferece canal ‘parado’ no Youtube para bolsonarista continuar espalhando fake news

2. Janaina Paschoal espalha fake news de que ações do Facebook caíram por causa de “censura” ao MBL

3. Grupos da igreja no WhatsApp são usados para disseminar desinformação, revela pesquisa

A própria Polícia Federal, em relatório enviado ao Tribunal Superior Eleitoral, aponta que a estratégia dos blogueiros bolsonaristas é replicar os cacoetes golpistas do ex-presidente americano Donald Trump.

A ideia da PF de enquadrar esses sites, que foram desmonetizados, é “diminuir a fronteira entre o que é verdade e o que é mentira” – o método foi aplicado na campanha contra as urnas eletrônicas.

Segundo o documento, os apoiadores de Bolsonaro usam estratégia similar à de Trump em 2016, atribuída a Steve Bannon.

“A prática visa, mais do que uma ferramenta de uso político-ideológico, um meio para obtenção de lucro, a partir de sistemas de monetização oferecido pelas plataformas de redes sociais”, diz o relatório.

“Transforma rapidamente ideologia em mercadoria, levando os disseminadores a estimular a polarização e o acirramento do debate para manter o fluxo de dinheiro pelo número de visualizações”, prossegue.

Para a deputada estadual bolsonarista a investigação não tem valor.

Ela quer a punição também de sites que notoriamente praticam jornalismo, como o DCM e o 247.

E, obvio, inventa teorias conspiratórias envolvendo o PT.

“Imaginaram como estariam os jornais se, na época dos Governos petistas, o 247 e o Diário do Centro do Mundo tivessem sido inviabilizados?”, questiona. “Façam o exercício, para entender a gravidade!”

O DCM não é investigado pela prática de espalhar fake news simplesmente porque não usa esse método na sua rotina de atuação. Pratica jornalismo, focado na verdade, na análise dos fatos e na opinião.

Veja quem são os sites e blogueiros que Janaína Paschoal defende

O ministro Luis Felipe Salomão, corregedor-geral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu a monetização de uma série de blogueiros bolsonaristas.

Além deles, também foram alvo da decisão o site Jornal da Cidade On Line, o canal Folha Política, as páginas do Nas Ruas e as redes sociais de Camila Abdo.

Foram mais de 10 alvos.  Veja quem são todos eles.

YouTube: Adilson Nelson Dini – RAVOX, Alberto Junio da Silva 1, Alberto Junio da Silva 2, Bárbara Zambaldi Destefani, Camila Abdo Leite do Amaral Calvo, Emerson Teixeira de Andrade, Fernando Lisboa da Conceição (Vlog do Lisboa1), Fernando Lisboa da Conceição (Vlog do Lisboa2), Folha Política, Jornal da Cidade On Line, Oswaldo Eustáquio, Roberto Boni – Canal Universo 1, Roberto Boni – Canal Universo 2, Terça Livre;

Facebook: Adilson Nelson Dini – RAVOX, Alberto Junio da Silva, Allan dos Santos, Allan Lopes dos Santos, Bárbara Zambaldi Destefani, Camila Abdo Leite do Amaral Calvo 1, Camila Abdo Leite do Amaral Calvo 2, Emerson Teixeira de Andrade, Fernando Lisboa da Conceição (Vlog do Lisboa), Folha Política, Jornal da Cidade On Line, Marcelo Frazão de Almeida, Nas Ruas, Oswaldo Eustáquio 1, Oswaldo Eustáquio 2, Oswaldo Eustáquio 3, Terça Livre.

Instagram: Adilson Nelson Dini – RAVOX, Alberto Junio da Silva, Allan dos Santos, Allan Lopes dos Santos, Bárbara Zambaldi Destefani, Camila Abdo Leite do Amaral Calvo, Emerson Teixeira de Andrade, Fernando Lisboa da Conceição (Vlog do Lisboa), Folha Política, Jornal da Cidade On Line, Marcelo Frazão de Almeida, Nas Ruas, Oswaldo Eustáquio 1, Oswaldo Eustáquio 2, Terça Livre;

Twitter: Adilson Nelson Dini – RAVOX, Allan dos Santos, Allan Lopes dos Santos, Bárbara Zambaldi Destefani, Camila Abdo Leite do Amaral Calvo, Emerson Teixeira de Andrade, Fernando Lisboa da Conceição (Vlog do Lisboa), Fernando Lisboa da Conceição (Vlog do Lisboa2), Folha Política, Jornal da Cidade On Line, Marcelo Frazão de Almeida, Nas Ruas, Oswaldo Eustáquio, Roberto Boni – Canal Universo, Terça Livre.