Jean Wyllys: “Ataque covarde a Felipe Neto é uma vingança por ele ter exposto Bolsonaro no New York Times”

Felipe Neto e Jean Wyllys. Foto: Reprodução/Twitter/Wikimedia Commons

O ex-deputado Jean Wyllys, que teve que deixar o Brasil depois de ameaças de morte e por ter que andar com seguranças após a eleição de Jair Bolsonaro, deu o melhor resumo sobre os ataques virtuais recentes que o youtuber Felipe Neto vem sofrendo do chamado gabinete do ódio – a máquina de fake news e difamações ligada ao presidente Jair Bolsonaro e seus filhos para defender o governo.

Segue o resumo de Jean, postado em sua conta pessoal no Twitter:

O “Gabinete do ódio” – a rede de fabricantes e traficantes de fake news e calúnias dos Bolsonaro – está hoje a pleno vapor aqui no Twitter. O que será que a rede pretende esconder? Que informação nova sobre o crimes da família virá à tona para estarem criando cortina de fumaça?

O ataque covarde a @felipeneto no dia de hoje não é só uma vingança pelo fato de Felipe ter exposto o fascista no @nytimes (New York Times) ; além de atacar Felipe, a rede também está atacando minhas postagens e a de outros adversários do fascista. Ou seja, seguramente há outro motivo para tanto.

O ataque orquestrado dessa rede criminosa aqui no @TwitterBrasil no dia de hoje mostra também que as ações do @STF_oficial não foram suficientes para contê-la; e que o presidente já não disfarça que essa organização criminosa serve aos seus interesses.

LEIA TAMBÉM – Gráfico mostra o gabinete do ódio na rede de fake news bolsonarista derrubada pelo Facebook 

Exclusivo: Dossiê revela conta no Twitter usada pelo cérebro do gabinete do ódio. Por Pedro Zambarda 

Exclusivo: Fotos de Eduardo Bolsonaro com “gabinete do ódio” serão levadas à CPMI das Fake News. Por Zambarda

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!