Jesus passa longe da histeria dos evangélicos que homenagearam o “messias” Bolsonaro no rio Jordão, diz pastor

 

Publicado no Facebook do pastor Hermes Fernandes 

Em trinta anos de ministério, nunca imaginei que viria uma cena dessas. O cenário é o rio Jordão. A voz é do apóstolo Renê Terranova. Além de formar o número 17 com os batizandos, ele os faz gritar o nome do candidato seguido de “mito!” várias vezes.

No fim, ele diz que dois anos antes, Bolsonaro fora batizado nas mesmas águas. Interessante que os crentes costumavam sonhar em ser batizados ali pelo fato de Jesus ter sido batizado ali.

Agora, um novo “Messias” desceu às águas do mesmo rio. Que privilégio! Ser batizado onde o mito foi batizado. JESUS PASSA LONGE DESTA HISTERIA! E se alguém pensa tratar-de de montagem, saiba que compartilhei este vídeo direto da página dele.

A triste impressão que tenho é que a igreja evangélica brasileira tomou um caminho sem volta. Apostatou-se. Mesmo quem pretende dar seu voto a ele deveria condenar atos como este que ridicularizam algo tão sagrado. Faço minhas as palavras do apóstolo Paulo:

“O que receio, e quero evitar, é que assim como a serpente enganou Eva com astúcia, a mente de vocês seja corrompida e se desvie da sua sincera e pura devoção a Cristo. Pois, se alguém lhes vem pregando um Jesus que não é aquele que pregamos, ou se vocês acolhem um espírito diferente do que acolheram ou um evangelho diferente do que aceitaram, vocês o suportam facilmente.” 2 Coríntios 11:3,4

Conclusão: Quem abraça outro evangelho, aceita outro Cristo e, de quebra, recebe outro espírito. Em vez de espírito de amor, espírito de ódio. Em vez de espírito de pacificação, espírito de intolerância.

Talvez por isso mesmo Jesus tenha repreendido os discípulos que queriam orar para que descesse fogo do céu e exterminasse os samaritanos: “Vós não sabeis de que espírito sois. Porque o Filho do homem não veio para destruir as almas dos homens, mas para salvá-las.” Lucas 9:55,56

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!