Jornalista da Globo é criticado por comentário racista em cobertura de carnaval

Da VejaSP:

O jornalista Roberto Kovalick foi criticado nas redes sociais nesta sexta (1º) durante a cobertura de Carnaval do Sambódromo, em São Paulo. Ao apresentar duas passistas da escola Colorado do Brás, que representavam a miscigenação no desfile em homenagem ao Quênia, ele disse: “…que vão encantar a avenida, uma loira, de branco, uma outra mulata de vermelho.”

O perfil do Twitter Canal das Bee, focado em combater preconceitos, comentou a passagem e desaprovou a fala do repórter, alegando que se tratava de algo racista. “Daí o ‘repórter experiente’ solta que tá do lado de uma loira e uma mulata. Vamos dar uma aulinha pra esses jornalistas experientes aí?“

O perfil explica que a palavra “mulata” tem conotação pejorativa. “Temos muitas correntes para quebrar”, disse. Veja:

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!