Jornalista se vacina com foto da mãe, morta por covid-19, e critica governo: “Malditos sejam”

A jornalista Daniele da Silva Souza, de 30 anos, se vacinou no último sábado (10), contra a Covid-19 em Campo Grande (MS) e fez questão de levar uma foto da mãe dela, que não resistiu às complicações do coronavírus porque a vacina não chegou a tempo.

O momento foi registrado num vídeo e postado nas redes sociais e é possível perceber a emoção da mulher no momento em que se lembrou da mãe. “Por você, mami!”, escreveu ela na legenda do vídeo postado no Instagram em que era possível vê-la chorando, enquanto segurava uma foto dela com a mãe e recebia a vacina.

Daniele também fez questão de compartilhar sua história e o motivo de sua emoção. “Hoje tive a oportunidade de receber minha imunização contra a Covid-19. Um sentimento indescritível para quem perdeu um familiar ou amigo. Meu desejo é que todos e todas recebam essa proteção. Dói demais saber que as pessoas ainda escolham qual vacina tomar. Hoje meu dia é dedicado a minha mãe, a mulher que me deixou o legado de ser valente nesta terra”, contou.

Por ser jornalista, ela recebeu a primeira dose da vacina porque o governo do Mato Grosso do Sul classificou a profissão na lista prioritária e ela fez questão de agradecer o sindicato que participou da conquista.

Por fim, Daniele aproveitou para criticar o governo de Jair Bolsonaro, que recusou doses da vacina Pfizer, que poderiam permitir que a mãe dela fosse vacinada ainda no ano passado, antes de morrer. “Não é cabível aceitar um governo que recuse salvar a população ou que negocie a vida da sociedade por dinheiro. Malditos sejam!”, cravou.

Daniele perdeu a mãe, Tereza da Silva de Souza, em 30 de novembro do ano passado, após ter ficado 20 dias intubada. A mulher não resistiu às complicações do coronavírus e morreu aos 52 anos, ou seja, fora do grupo considerado de risco e o único que Bolsonaro queria que fizesse isolamento em 2020.

Nas redes sociais, a jornalista é uma crítica do governo de Bolsonaro e vem se posicionando em favor da mudança. Em 08 de março ela compartilhou uma mensagem comemorando o Dia das Mulheres com uma imagem do ex-presidente Lula, primeiro colocado nas pesquisas para 2022.

Em seu perfil no Facebook, Daniele mostra que já trabalhou em diversos veículos de comunicação do Mato Grosso do Sul e atualmente é Assessora de Comunicação da Defensoria Pública do estado.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!