Leda Nagle recebeu quase R$ 15 mil com fake news no YouTube, diz Google

Leda Nagle

Segundo dados sigilosos enviados pelo Google à CPI da Covid, a bolsonarista Leda Nagle recebeu R$ 15 mil com fake news no YouTube.

Ela teve 20 vídeos removidos por ela ou pela própria plataforma por violar diretrizes, de acordo com o Globo.

Sua estimativa de conteúdos fora do ar, no entanto, é maior.

Leda diz ter excluído cerca de 60 vídeos do YouTube após pedido do Google.

Vídeos com propaganda de remédios ineficazes contra covid-19 – cloroquina, ivermectina, azitromicina e outros – foram os que mais incomodaram a plataforma de vídeos.

No entanto, sabe-se que a jornalista vai longe na conspiração.

Ela chegou a compartilhar uma fake news, durante live, de que ministros do STF e Lula tentaram assassinar o presidente Jair Bolsonaro.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!