Lira volta a negar impeachment após novo crime de Bolsonaro: “Câmara avançará nas reformas”

Arthur Lira e Jair Bolsonaro. Foto: Divulgação/Presidência da República

Arthur Lira (PP), o presidente da Câmara fiel à Bolsonaro, é incapaz de pautar o impeachment do presidente.

LEIA – “Sobram crimes de responsabilidade. Falta coragem para Aras e Lira”, diz Alessandro Vieira sobre Bolsonaro

E ainda fala em “reformas” no país com mais de 530 mil mortos devido ao novo coronavírus.

LEIA MAIS – Lira pede calma aos aliados e enxerga crise institucional em momento “crítico”

Lira postou no Twitter:

“Nossas instituições são fortalezas que não se abalarão com declarações públicas e OPORTUNISMO. Enfrentamos o pior desafio da história com milhares de mortes, milhões de desempregados e muito trabalho a ser feito.

Em uma hora tão dura como a que vivemos hoje, saibamos todos que o Brasil sempre será maior do que qualquer disputa política. Tenhamos todos, como membros dos poderes republicanos, responsabilidade e serenidade para não causar mais dor e sofrimento aos brasileiros.

Reitero o meu compromisso; a Câmara avançará nas reformas, continuará a ser o poder mais democrático e plural do país e não se deixará levar por uma disputa que aprofunda ainda mais a nossa crise.

A Câmara será sempre a voz de um povo livre e democrata e sempre estará pronta para ajudar o Brasil a continuar a crescer e se encontrar com seu destino de país desenvolvido e socialmente justo.

Deixemos que o eleitor tenha emprego e vacina, que deixe o seu veredito em outubro de 2022 quando encontrará com a urna; essa sim, a grande e única juíza de qualquer disputa política. O nosso compromisso é e continuará sendo trabalhar pelo crescimento e a estabilidade do país”.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!