Luciano Huck e Carluxo amarelaram na rede social. Por Moisés Mendes

Luciano Huck e Carlos Bolsonaro. Foto: Reprodução/Twitter

Publicado originalmente no blog do autor

POR MOISÉS MENDES

Luciano Huck já tem algo em comum com os Bolsonaros. No domingo, o candidato da Globo elogiou no Twitter o golpe na Bolívia e logo depois, diante das reações, apagou a postagem. Acovardou-se.

Os Bolsonaros também costumam emitir opiniões valentes, desmentir o que disseram ou apagar o que escreveram.

A notícia de hoje é esta: Carluxo eliminou todas as suas contas nas redes sociais, para não deixar rastros.

Deve estar se preparando para o momento em que será confrontado com suas mentiras, na CPI das Fake News.

Carluxo é o porta-voz do pai. Está licenciado da Câmara de Vereadores do Rio (onde ninguém sabe dizer o que ele faz) e só atua como guerrilheiro nas redes.

A extrema direita não entendeu até agora o silêncio de Carluxo com a libertação de Lula. Há um vácuo de opinião sem a manifestação do gênio da família.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!