Lula compartilha reflexões aos 75 anos: ‘O pobre é uma solução e não um problema’

Nesta terça-feira (27), após receber homenagens por todo mundo ao completar 75 anos, o ex-presidente Lula compartilhou em suas redes sociais algumas reflexões.

‘Uma conversa comigo mesmo, uma conversa que não tem interesse jornalístico, a não ser para mim mesmo, ou seja, eu é que quero falar algumas coisas que eu preciso falar’, diz Lula no começo do vídeo.

O ex-presidente falou sobre sua luta política, crença em Deus, povo brasileiro, solidariedade, entre outros temas.

‘Hoje eu tenho muito mais clareza porque eu provei, quando estava no governo, que se a gente fizer o mínimo de esforço, o mínimo de sacrifício, a gente vai perceber que o pobre é uma solução e não um problema’, afirmou Lula.

Em outro trecho, ele diz que ‘precisamos ser mais iguais’: ‘Precisamos ter cada vez ter mais gente lutando contra a desigualdade. Nós precisamos ser mais iguais. Na oportunidade de emprego, na questão de gênero, na questão de raça, na questão de todas as etnias, salários, educação, oportunidades. Nós temos que ser mais iguais’.

‘Todos nós temos que ter direitos e para ter direitos, temos que ter oportunidades. É pedir muito? Não. É pedir o óbvio’, declara o ex-presidente.

No vídeo, Lula também conta que já se questionou sobre “por que ele” foi eleito e assumiu a presidência da República, mesmo que, em sua percepção, houvesse pessoas “muito mais preparadas”.

“Eu só posso acreditar que foi Deus. Porque não tem outra explicação”, concluiu.

Veja:

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!