Lula fez certo ao pedir desculpa por frase infeliz. Por Luis Felipe Miguel

Lula da Silva – Foto: Filippo MONTEFORTE / AFP

Lula falou merda.

Foi tirado de contexto? Foi. É comparável às barbaridades de Bozo relincha todo santo dia? Óbvio que não.

Mas um cara com a estrada dele sabe o que acontece cada vez que dá uma bola fora. Sabe que a Globo – nossa “aliada” agora, não? – não vai perdoar, sabe que a mídia corporativa toda vai amplificar sem a menor intenção de contextualizar.

Dito isto, qual a relevância do fato? Pouca, eu acho.

A minionsfera está fazendo um carnaval. Mas faria com qualquer outra coisa – nem precisa acontecer, eles inventam. E eles não precisam de motivo para odiar Lula, já vem de fábrica.

Para todos os outros, é aquilo que é: uma declaração infeliz, nada mais.

Acho que o impacto maior é sobre quem se acostumou a pensar que Lula nunca erra. Bom, erra – está provado mais uma vez. A meu ver, erra às vezes de forma bem mais grave do que agora.

É a maior liderança popular da nossa história, uma figura incontornável para a oposição. Ninguém duvida disso.

Mas a esquerda brasileira tem que ser maior do que ele.

PS. Acabei de ver que Lula pediu desculpas por ter usado “uma frase infeliz que não cabia”. Fez certo. Ponto para ele.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!