Lutador bolsonarista Borrachinha é nocauteado no UFC e ainda leva “sarrada” de nigeriano

Bolsonaro e Borrachina

Assim como o bolsonarismo tem uma trilha sonora, que é o insuportável sertanejo, tem também um esporte de preferência: o MMA.

Em ambos os casos, o resultado é uma desgraça.

Paulo Borrachinha, esperança nacional de um novo campeão peso médio (84kg), foi surrado pelo nigeriano Israel Adesanya na madrugada deste domingo.

O africano naturalizado neozelandês venceu o mineiro por nocaute técnico aos 3min59 do segundo assalto no duelo principal do UFC 253 na Ilha da Luta, em Abu Dhabi, e manteve o cinturão.

Adesanya manteve a distância com chutes altos e baixos, mostrou foco e conquistou o vigésimo triunfo no MMA profissional.

Lento e com pouca movimentação, Borrachinha não conseguiu encurtar a distância diante de um adversário ágil no jogo de pernas. Acabou atropelado no segundo round.

Adesanya acertou uma canelada e praticamente encerrou a luta com um cruzado de esquerda, que levou o desafiante ao chão.

O campeão liquidou a fatura com uma saraivada de socos, obrigando o árbitro Jason Herzog a paralisar o combate. Finalizou com uma “sarrada” na bunda do outro.

“Eu falei, ele é burro e eu sou inteligente”, declarou Adesanya. “Quero deixar um legado na posição assim como Anderson Silva”.

Borrachinha é “parça” de Jair Bolsonaro e chegou a participar de uma manifestação em Brasília.

O presidente postou no Twitter palavras de apoio: “Bom trabalho hoje, campeão!”

Zicou.

Na véspera, Borrachinha fora questionado se esperava uma ligação do ídolo caso vencesse.

“Eu e ele somos amigos. Estive com ele há alguns meses, tivemos uma boa conversa e eu disse que levantaria a bandeira do Brasil no octógono para representar o país e venceria para representar os brasileiros e para ele, porque ele é um herói para mim”, disse.

“Eu tenho uma linha direta com ele, conversamos pelo WhatsApp. Mas se ele me ligar, eu ficarei muito feliz”.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!