Manifesto lido pelos ex-presidentes do Brasil em defesa da democracia está sendo articulado

Os ex-presidentes do Brasil ainda vivos

Está em curso uma articulação para que os ex-presidentes vivos do Brasil se unam em favor da democracia.

A ideia, diz uma fonte ao DCM, é juntar Sarney, Collor, FHC, Lula e Dilma para um manifesto conjunto à nação.

O texto seria lido pelo decano, José Sarney.

Falta, ainda, uma resposta de Fernando Henrique Cardoso.

O mote é o ataque às instituições representado por Jair Bolsonaro. O vídeo golpista divulgado por ele no WhatsApp foi a gota d’água.

Os idealizadores defendem também que os governadores façam algo da mesma natureza — juntamente com os ex-presidentes ou em separado.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!