VÍDEO – Manuela D’Ávila e os misóginos, sempre atual