Marielle e Mônica Benício iriam se casar hoje

Marielle e Mônica Benício tiveram 13 anos de relacionamento e pretendiam se casar em 7 de setembro de 2019

PUBLICADO NO INSTAGRAM DE MÔNICA BENÍCIO

“tem q somar 7” eu disse deitada na cama quando estávamos escolhendo a data para o casamento. “7 de setembro. 7+9 da 16. 1+6=7 é perfeito amor. E a gente ainda afronta o sistema pq é dia da independência. (rimos…) 7+9+2+1+9 reduz 1, recomeço! 7 de setembro do ano q vem é perfeito amor., bora. Coloquei na agenda já.”

Foi assim que escolhemos a data. Em janeiro vimos o local da festa, região dos lagos com altar de frente para o mar. Era minha exigência, tinha q ser na praia, não podia deixar Yemanja de fora dessa. Uma amiga já seria a responsável pelo buffet. A lista para 200 convidados estava quase toda definida. Madrinhes e Padrinhes já escolhidos.

Dia 16 de março as alianças ficaram prontas. Não fui buscar até hj. Por ironia da vida 16 soma 7 e se colocar o mês de março +3 reduz a 1. Mas já eram 2 dias sem Ela.

Sonhamos muito como seria o dia de hj, mas nenhuma das opções eu estaria cruzando o céu entre Espanha e Brasil.

Perdida na vastidão da minha dor ora eu morro de amor, ora eu morro de saudade. Eu sou a metade menos morta de tudo que está vivo de nós. Ainda é muito difícil acreditar. Muito mesmo! Releio mensagens, bilhetes e cartas, revejo as fotos e o brilho nos olhos e o sorriso largo sempre me dão a impressão que no final do dia vamos nos encontrar, beijar sorrindo na porta, dormir abraçadas e de mãos dadas como sempre. Não tenho dúvidas que em algum momento esse reencontro vá acontecer mesmo. Dos sonhos tolos que ousamos sonhar a eternidade era um deles. Os sonhos sobrevivem à tragédia, afinal a vida é um poema e o poema adora uma tragédia. Sonhos que envolvem amor são teimosos, não se esvaem no tempo e espaço… Às vezes, e só às vezes, eles adormecem para nos despertar, vez por outra, pra que voltemos a sonhar outros sonhos. Se um momento foi ruim, outros novos tempos virão. Pra gente sempre foi assim.

E então veremos, com esses olhos que a vida verá de rever, que morrer de amor vale. Que viver por amor vale.

Até a próxima vez Amor Da Minha Vida.
.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!