Médico e influenciador bolsonarista defensor da cloroquina é preso no Egito após assediar vendedora

 

Victor Sorrentino na imprensa egípcia

O médico e influenciador bolsonarista Victor Sorrentino foi preso neste domingo (30) no Egito após publicar um vídeo no qual aparece assediando uma mulher muçulmana.

Nas imagens, Sorrentino faz piadas machistas em português a uma vendedora de papiros.

“Vocês gostam mesmo é do bem duro, né? Comprido também fica legal, né?”, diz o babaca no vídeo (assista abaixo).

A vendedora, sem entender, concorda e sorri, enquanto o médico e seu amigo dão risadas. Mais de um milhão de pessoas viram essa porcaria no Instagram.

Após a repoercussão, ele disse ainda que costuma fazer esse tipo de “brincadeira” com amigos e familiares, mas que não tinha o direito de fazer com uma desconhecida.

De acordo com o site de notícias egípcio El-Shai, o Ministério do Interior egípcio anunciou que localizou e prendeu o sujeito neste domingo.

Victor Sorrentino ficou conhecido na pandemia da covid-19 por defender o chamado “tratamento precoce”, com o uso de medicamentos sem eficácia comprovada para a doença.

Apoiador de Bolsonaro, falou em entrevista ao site de fake news Terça Livre que os “medicamentos são conhecidos” e que “não causam risco nem prejuízo”.

Que tenha o tratamento merecido pelas autoridades egípcias.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!