Médico preso pela segunda vez por ameaçar e espancar mulher é bolsonarista, cidadão de bem e fã de Luciano Hang

Emilson Miranda Junior

Mais um para a galeria.

A matéria saiu no Olhar Direto, do Mato Grosso:

O médico Emilson Miranda Junior, 30 anos, foi preso novamente nesta terça-feira (12), em Cuiabá. Ele é acusado, mais uma vez, de crimes de ameaça e lesão corporal, conforme previsão na Lei Maria da Penha. (…)

O suspeito responde a outros inquéritos instaurados pela Delegacia da Mulher de Cuiabá.

Em fevereiro deste ano, Emilson Miranda Junior foi preso após uma empresária realizar uma denúncia contra ele. Ela relatou no boletim de ocorrências que estava na casa do namorado, quando teve início uma discussão.

O médico então teria começado a xingá-la e depois partiu para a agressão física, atacando-a com socos na cabeça, boca, puxões de cabelo, tapas e também puxando sua orelha.
 
Em dado momento, o agressor ainda teria jogado a mulher na cama e mandado que ela calasse a boca.

A empresária conseguiu correr para a cozinha, onde a mãe do médico abriu a porta para ela sair e a acompanhou até a casa de um vizinho. 
A mãe do médico então ligou para o outro filho, já que ela também tem muito medo do agressor.

Enquanto isto, a empresária resolveu ligar para o ex-marido, que é juiz da vara de violência doméstica, que orientou que ela registrasse boletim de ocorrência e fizesse uma medida protetiva contra ele.
 
O médico então teria feito mais ameaças, dizendo para a empresária que iria cortar a sua filha em mil pedaços e matá-la, caso ela relatasse algo para o ex-marido, que é juiz. (…)

Emilson conseguiu reverter a prisão preventiva após pagamento de fiança no valor de R$ 28.110,00. Ele alegou ter transtornos mentais e foi obrigado a se internar em uma clínica de reabilitação, para fazer desintoxicação das drogas farmacêuticas. (…)

A postagem mais recente de Emilson no Facebook deixa claro que se trata de um cidadão de bem, temente a Deus, bolsonarista e fã do Véio da Havan:

Emilson Miranda Junior é fã do Véio da Havan

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!