Médico que afirmou na TV que ivermectina era ‘vacina’ contra covid-19 é intubado na UTI

O médico goiano Joaquim Inácio Melo Júnior, que afirmou à TV Serra Dourada (veja abaixo) que a ‘ivermectina’ era uma ‘vacina’ contra a covid-19, foi internado e está intubado na UTI, com sua família pedindo doações de plasma.

Inácio chegou a fazer parte de uma campanha de doação de ‘kits de prevenção’ contra o vírus, mesmo com críticas da Sociedade Goiana de Infectologia e do Conselho Regional de Farmácia.

No último dia 6, o médico afirma estar infectado com o coronavírus há oito dias, e que está tomando a ‘ivermectina’, debochando da doença: “Previna-se, senão vocês vão pro tubo e não tem mais vaga na UTI, não”. Ele chegou a assinar um manifesto de apoio à ação judicial do MPF em Goiás para obrigar Estado e município de Goiânia a disponibilizar cloroquina, ivermectina e afins.

Moradores de seu condomínio contam que ele não usa máscara e fala das teorias de tentativa de dominação da China no mundo.

Confira abaixo a entrevista de Joaquim e a thread da jornalista Fabiana Pulcineli, com mais detalhes sobre o caso:

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!