Mercadante defende frente ampla para a defesa incondicional do estado democrático

Aloizio Mercadante no DCM. Foto: Reprodução/YouTube

Aloizio Mercadante, ex-ministro e presidente da Fundação Perseu Abramo, mandou a seguinte nota ao DCM:

Em reposta à nota do Clube Militar, que defende os inaceitáveis ataques do deputado Daniel Silveira ao Supremo Tribunal Federal e ao próprio regime democrático, conquistado depois de muita luta e resistência contra o regime de exceção implantando no Brasil em 1964, reafirmo que a democracia é um sistema tão flexível e generoso, que até os que a negam e que a agridem cotidianamente podem se eleger presidente ou deputado. Mas, as forças do atraso e do autoritarismo seguem testando seus limites, saudosos de um passado de dor, de violência e de ditadura, que não pode ser reescrito e que não voltará.

Precisamos de uma ampla e vigorosa resposta a esses ataques sucessivos e articulados. É dever de todos os democratas deste país a construção de uma ampla frente democrática, que não se confunda com os diversos projetos de poder e de país. Uma frente para combate ao fascismo e a defesa incondicional do estado democrático de direito e todos os valores que ele representa.