Milícia de Gabriel Monteiro, acusado de estupro, parte para cima de Chico Alencar

O vereador poderá ter o mandato cassado como consequência do processo

Atualizado em 31 de julho de 2022 às 17:28

 

Chico Alencar. Foto: Divulgação/Twitter

O vereador Chico Alencar (PSOL-RJ) anunciou em suas redes sociais que o relatório contra o vereador bolsonarista Gabriel Monteiro (PL-RJ) está pronto e será apresentado no Conselho de Ética na próxima terça-feira (2). Com isso, Alencar começou a ser alvo de ataques e ameaças na web de apoiadores do senador.

Monteiro é acusado de estupro, assédio sexual e vídeos forjados para a internet.

A Justiça do Rio acatou denúncia do MP (Ministério Público) no início de julho, e transformou o bolsonarista réu por importunação e assédio sexual. A partir do processo, o mandato do vereador pode ser cassado como consequência.

Dentre os comentários feitos na web, alguns usuários chegaram a atacar Chico dizendo que ele que deveria ter o mandato cassado.

“Quem só tem como ‘argumento’ o xingamento não merece resposta, só o lamento. Quem só faz ataque pessoal opera no plano irracional. Recomendo debater o processo ético-disciplinar (ou, fora dele, as investigações criminais e os processos judiciais)”, rebateu o vereador do PSOL.

”A favor da cassação do Chico Alencar!!!”, disse um dos usuários.

 

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link