Minisséries biográficas não sustentam audiência da Globo

Do Observatório da Televisão:

Pelo terceiro dia consecutivo, a Globoapresentou uma queda de audiência com suas novas minisséries biográficas: Elis – Viver é Melhor que Sonhar e 10 Segundos para Sonhar. A informação é baseada em dados divulgados pela Ibope/ MW – Praça São Paulo.

Segundo a empresa de pesquisas, na quinta-feira (10), o canal registrou com as duas séries 8,2 pontos de média. Assumindo, assim, a vice-liderança no ranking das audiências na Grande São Paulo. A análise foi feita das 23h25 à 00h59.

Na mesma faixa horária, o SBT aprovou para brilhar e assumiu a liderança com A Praça é Nossa. Comandado por Carlos Alberto de Nobrega, o humorístico atingiu 9,6 pontos de média, 22,5% de share e 12 pontos de pico.

A emissora carioca também se manteve com a medalha de prata ao transmitir o Jornal da Globo.

Desde a estreia, as produções globais vêm sendo derrotadas pelos formatos do canal de Silvio Santos. As minisséries contam histórias da cantora Elis Regina e do boxeador Edér Jofre.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!