Moraes manda prender o bolsonarista Allan dos Santos

Allan dos Santos - Foto: Roque de Sá/Agência Senado
Allan dos Santos – Foto: Roque de Sá/Agência Senado

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, determinou a prisão preventiva do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos. Além disso, o magistro pediu que Ministério da Justiça inicie imediatamente o processo de extradição. Allan dos Santos está nos Estados Unidos, com o visto vencido.

Moraes ordenou ainda que a Polícia Federal inclua o mandado de prisão na lista da Difusão Vermelha da Interpol, para garantir que Santos seja capturado e retorne ao Brasil. Também foi acionada a embaixada dos Estados Unidos. A decisão de Moraes atende a um pedido da Polícia Federal.

Leia também:

1; Caso Zara: Investigação por abordagem racista será enviada ao MP

2; Saiba quem são os 6 deputados que não se vacinaram contra a Covid

3; Trump se une a deputado “príncipe” para lançar empresa de mídia de extrema direita

Investigações de Allan dos Santos

Allan dos Santos é um dos aliados mais próximos da família Bolsonaro. Ele é investigado no Supremo em dois inquéritos: o que apura a divulgação de fake news e ataques a integrantes da Corte e também no que identificou a atuação de uma milícia digital que trabalha contra a democracia e as instituições no país.

Após ser alvo de operações, ele deixou o Brasil e teria entrado em julho nos Estados Unidos, com visto de turista que estava vencido desde fevereiro. Com informações do G1.

Ao STF, a PF apontou que o blogueiro, “a pretexto de atuar como jornalista”, assumiu a condição de um dos organizadores de um movimento responsável por ataques à Constituição, aos Poderes de Estado e à Democracia. E a suspeita é de que essas ações podem ser financiadas com recursos públicos a partir de sua interlocução com a família Bolsonaro e parlamentares bolsonaristas.