Moro é “imparcial”, diz PGR, que é parte contra Lula. Por Fernando Brito

Publicado no Tijolaço

A cara-de-pau da Procuradoria Geral da República, que todos sabem ser ferozmente contrária a Lula, manifestou ao Superior Tribunal de Justiça que convicção de que o juiz Sérgio Moro é e foi “imparcial durante toda a marcha processual” contra o ex-presidente.

Já é estranho que, assim, o Ministério Público vire “advogado de defesa” de Moro, mas o caso é ainda pior.

O subprocurador-geral da República Nívio de Freitas Silva Filho diz, em sua manifestação, que “a imparcialidade e a transparência são, de fato, pilares do direito processual penal, e o magistrado deve imediatamente declarar-se suspeito de analisar e julgar o feito quando houver motivo que comprometa sua isenção”.

Curiosamente, completa que é este o comportamento de Sérgio Moro.

Infelizmente, nos punhos de renda do STJ, essa afirmação não vai geral, como no resto da humanidade, uma risada triste…

Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui.

Clique aqui e assine nosso canal no youtube

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!