Moro e Queiroz somem e ninguém da grande imprensa se preocupa. Por Moisés Mendes

Moro e Queiroz. Foto: Wikimedia Commons/Reprodução

Publicado originalmente no blog do autor

POR MOISÉS MENDES

Sergio Moro completará na sexta-feira seus cinco dias úteis de licença. Como saiu no sábado e só volta segunda-feira, a licença terá sido mesmo de nove dias.

O personagem da maior crise de uma autoridade do primeiro escalão até aqui e do maior escândalo do Judiciário brasileiro em todos os tempos afasta-se do cargo por nove dias, em meio a uma enxurrada de vazamentos de conversas escabrosas, sem que ninguém fique sabendo por onde andou e o que fez.

A imprensa abandonou Sergio Moro, como nunca havia abandonado uma alta autoridade em circunstâncias semelhantes,

A grande imprensa merece a goleada que vem levando do Queiroz, agora com a ajuda de Dias Toffoli.

Moro e Queiroz somem e ninguém da grande imprensa se preocupa em se informar sobre o paradeiro deles. Os milicianos pelo menos devem saber onde Queiroz se esconde.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!